Apresentação de trabalho: saiba como arrasar na sua!

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Se você leu o título, pensou em uma apresentação de trabalho e logo sua mão começou a suar e seu coração bater mais rápido… esse texto é para você!

A seguir vamos mostrar algumas dicas para sua comunicação melhorar nessa hora – tanto a corporal quanto a dos slides. Vem com a gente 📽️

Montando a apresentação

Além da postura ao falar sobre o conteúdo do seu trabalho, a forma visual como ele é exposto também é imprescindível para torná-lo memorável.

E uma forma de mandar bem nisso é escolhendo um design de apresentação de acordo com o tema proposto.

Um material leve, sem muitas informações e que demonstra originalidade pode fazer toda a diferença para quem irá assistir.

Sendo assim, procure elementos visuais que enriquecem a comunicação.

Imagens atraentes e de boa qualidade chamam atenção em um bom sentido.

Além disso, um dos pontos para considerar na hora de desenvolver os slides é a escolha das cores e da tipografia.

Os dois são o coração do design da sua apresentação e, por isso, devem ser coerentes com o que está transmitindo. 

Evite usar mais de 3 tipos de fonte e cores complementares podem dificultar a leitura do conteúdo.

Calcule o tempo de apresentação

Juntamente a isso, se atente à duração da apresentação.

É importante definir o período de cada slide para que haja controle durante a sua explicação e não extrapolar o tempo. 

Os slides devem ser encarados como um elemento de apoio, e não ser todo o conteúdo que você irá apresentar.

Por isso, não escreva tudo em sua apresentação.

Durante sua fala, se as pessoas perceberem que você está lendo todo o conteúdo, eles perderão o interesse.

Outro motivo para não expor todo o seu conteúdo nos slides é pensar que o seu público não terá a oportunidade de ler tudo o que está escrito ali.

Assim, para evitar uma apresentação cansativa, procure incluir algum vídeo ou meme.

Como resultado, você conseguirá dar maior dinamismo e interatividade à sua apresentação.

E, por último, dê uma olhada nas ferramentas abaixo para montar uma apresentação. Elas podem te ajudar (e muito!) na hora de produzir a sua:

  1. Google Slides
  2. Canva
  3. Prezi
  4. Adobe Spark
  5. Evernote Presentation Mode
  6. Apple Keynote
  7. PowerPoint Online

Algumas dessas ferramentas já têm modelos prontos de apresentação e basta você escolher a que mais se adequa ao seu tema para montar o restante do conteúdo.

Uma mão na roda, né?!

Preparando a comunicação

Agora que já separou o que pretende falar em sua apresentação de trabalho, é hora de ensaiar a forma como vai falar.

Em um palestra no Ted Talk, o especialista em comunicação Julian Treasure, explicou algumas formas para se expressar de forma clara e interessante.

E reuniu 7 ferramentas para que sua voz seja poderosa e assim, o seu discurso seja relevante. 🗣️

A primeira delas é o registro vocal. Nem muito agudo nem muito grave.

É possível chegar em um meio termo com a sua voz através da localização dela.

Nesse sentido, algumas técnicas de canto são úteis e, através delas, você consegue deslocar sua voz para a região peitoral, ponto onde ela ganha peso.

Assim, você alcançará um equilíbrio em sua voz, uma profundidade associada com poder e autoridade – tudo o que precisamos para sua apresentação seja notória.

Juntamente a isso, o timbre se relaciona com a percepção da voz.

Segundo Treasure, alguns estudiosos mostram uma preferência da audiência por “ricas, suaves e cordiais”.

Ainda que sua voz não tenha o timbre perfeito, é possível torná-lo atraente através de exercícios de postura e respiração.

Outro ponto trazido pelo Julian Treasure é a prosódia. Ela consiste na entonação e na ênfase que você dá ao que está falando.

A prosódia dá o significado à fala e traz toda a vida ao seu discurso. 

Treasure relembra o significado da palavra “monótono”, que vem de mono tom.

Ou seja: falas com um só tom tendem a ser enfadonhas e desinteressantes.

A importância do ritmo na fala

Assim como a prosódia, outra ferramenta que adjetiva o discurso é o ritmo. Ele também dita a forma como as pessoas vão receber a sua mensagem.

Por isso, tenha cuidado para não acelerar o modo como está falando e deixar que as pessoas não entendam o conteúdo que está passando em sua apresentação de trabalho.

Para isso não acontecer, fale devagar para enfatizar os pontos importantes e mais relevantes do seu discurso.

As pausas entre o que diz fazem com que as pessoas prestem mais atenção e fiquem esperando para o que dirá em seguida, além de conseguirem refletir o que você disse anteriormente.

Da mesma forma, o tom também é uma das ferramentas que fazem sua fala se potencializar e dar destaque em pontos necessários do conteúdo.

Até mesmo virtualmente conseguimos perceber que um “PODE ME ENVIAR?” e um “pode me enviar?” estão em tons diferentes 👀

E, por fim, Treasure destaca o volume. Às vezes, no momento do entusiasmo ou do nervosismo, elevamos nossa voz sem perceber.

Na hora de se apresentar, atente-se para falar em um volume baixo, que faz com que as pessoas prestem atenção no que tem a dizer.

Além dessas instruções, Treasure também compartilha alguns exercícios para aquecer a voz que sempre faz antes de alguma palestra.

Assista ao vídeo na íntegra clicando aqui

Segurando a ansiedade

Você já se preparou e ainda assim não consegue encarar o seu público? Não se preocupe, esse medo é mais comum do que pensa!

A ansiedade nos estudos é um problema comum, principalmente quando envolve alguma exposição.

Então, primeiramente, é importante lembrar que o frio na barriga faz parte de qualquer pré-apresentação.

A diferença para cada um é como lidar com ela.

Então, para sentir firmeza no que está falando e não ter vergonha de errar ou gaguejar, revise o material que vai expor

Treine em frente ao espelho, ensaie e até mesmo grave a sua voz para entender quais pontos pode melhorar até a sua apresentação.

E, ao revisar, prepare um roteiro com o que pretende falar.

Use os slides que montou como base e inclua as observações que podem ser úteis para acrescentar no discurso.

Como resultado, ficará mais confiante.

Quando você se prepara com antecedência e sente que domina o assunto que irá apresentar, você sente que pode para transmitir esse conhecimento aos outros.

Hora do show!

Praying Queen B GIF by Recording Academy / GRAMMYs

Pronto! Tudo preparado para sua apresentação de trabalho e você já se abasteceu de dicas, exercícios, slides e roteiro.

Chegou o momento de falar. E como você pode personalizar o seu discurso?

Uma das formas de dar a sua cara ao que está falando é criar interações com seu público

Então, faça perguntas a quem está te escutando, por exemplo. Isso pode ser uma boa chance de chamar atenção para a sua apresentação também.

Além disso, mostra certa irreverência e versatilidade no discurso, que deixa de ser passivo, e transforma quem está assistindo em um elemento ativo na conversa.

Outra técnica que funciona e acaba servindo para diminuir a ansiedade é inserir um alívio cómico

Lembrou de alguma situação engraçada que se relaciona com o conteúdo? Compartilhe com as pessoas que estão te ouvindo. 

A ideia de incluir algum meme nos slides também funciona para essa parte da apresentação.

Mas nada de piadas autodepreciativas, hein? Afinal, não queremos climão nessas horas, não é mesmo? 😬

E por último, use exemplos do dia a dia para explicar o conteúdo que está apresentando. 

Fica mais fácil para as pessoas assimilarem o que quer dizer quando obtém exemplos próximos às suas vivências.

Em conclusão…

Vimos todas as etapas para você ter sucesso em sua apresentação de trabalho e concluímos que o único obstáculo é não ter a preparação de forma adequada.

O nervosismo faz parte, mas não deixe que ele seja o centro da sua apresentação e o foco do seu desempenho. 

Combater a ansiedade com a confiança no seu entendimento sobre o conteúdo que está apresentando é essencial para fazer um discurso tranquilo e relevante.

Portanto, respire fundo e vá com tudo! 🚀

Que tal deixar seu comentário aqui embaixo falando qual dessas dicas você vai praticar primeiro?

Victoria Fernandes

Victoria Fernandes

Redatora e estudiosa sobre redes sociais. Nas horas vagas, acessa o Twitter e vê vídeos de gatinhos no TikTok.

Comentários

Deixe uma resposta