Competências socioemocionais: quais são as mais buscadas pelo mercado de trabalho?

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Quer descobrir quais são as competências de socioemocionais mais buscadas pelo mercado de trabalho?

Vem comigo que eu vou te ajudar a entender e ainda dar algumas dicas de como se tornar um profissional mais desenvolvido 😉

Quais são as competências socioemocionais mais buscadas?

As competências socioemocionais se relacionam às chamadas soft skills, habilidades comportamentais bastante valorizadas pelo mercado de trabalho atualmente.

Você quer descobrir quais são as competências que vão te ajudar a conquistar a sua vaga dos sonhos?

Então já pega o caderninho e se prepara para anotar! 📝

1) Responsabilidade

Antes de tudo, é importante entender que cada pessoa que faz parte de um time é fundamental para o seu funcionamento.

Ou seja: todos somos engrenagens que fazem uma máquina funcionar ⚙

Por isso, é imprescindível que você seja sempre uma pessoa responsável, tendo consciência das suas tarefas e como elas impactam as pessoas ao seu redor.

Então, para exercer o senso de responsabilidade, atente-se aos prazos. E, claro, mantenha uma rotina de organização para não se perder.

2) Empatia

Mesmo que nem sempre você vá entender 100% as experiências dos outros, tentar enxergar o mundo pelo olhar de outra pessoa te dá novas perspectivas 🥰

E por isso é importante ter escuta ativa. Ou seja, escutar o que o outro tem a dizer e se dedicar para entender, sem se deixar levar por devaneios.

Tal atitude compõe a empatia, que é uma das competências mais importantes e reconhecidas, já que melhora a convivência com os outros ✨

3) Criatividade

Você sabia que a criatividade é como um músculo? Isso mesmo!

Em outras palavras, quanto mais você exercita a sua criatividade, mais ela se fortalece.

Pensar fora da caixa na hora de resolução de problemas ou de criar projetos é aumentar a capacidade de inovação de uma empresa.

Então se você acha que não é uma pessoa criativa, está na hora de fazer uns exercícios, hein? 😂

4) Curiosidade

Especialmente se você está começando no mercado de trabalho agora e não tem muita experiência, ser uma pessoa curiosa vai te ajudar muito.

Os recrutadores dão muita importância para pessoas curiosas, pois elas tendem a aprender mais, já que não se contentam com respostas superficiais.

Então, alimente seu curiosidade. Pesquise sobre assuntos que não entendeu, tire dúvidas e faça perguntas para as pessoas!

Além de se tornar uma pessoa mais sábia, vai mostrar que realmente tem interesse em crescer profissional e pessoalmente.

5) Organização

Assim como a maioria das outras competências, a organização é algo que geralmente aprendemos desde a infância, mas que sempre podemos fortalecer.

Acima de tudo, é fundamental levar em consideração que o tudo muda rapidamente e que quanto mais organizado você for, mais rápido vai conseguir alcançar suas metas.

Fazer a gestão de seu tempo é uma parte muito importante da organização e é uma habilidade muito admirada por lideranças.

Por que é importante desenvolver competências socioemocionais?

Embora não dependam de diplomas ou certificados, as competências socioemocionais são cada vez mais buscadas por recrutadores.

Isso acontece porque em ambientes de trabalho em que as competências de um funcionário são alinhadas com a os propósitos da empresa, os processos fluem com mais facilidade.

Enquanto possuir “hard skills” é essencial para cumprir suas funções na empresa, ter inteligência emocional para lidar com pessoas diferentes e com sua rotina é um diferencial.

Então, se você tem interesse em se manter no mercado de trabalho e ser um profissional procurado, ter estas habilidades vai te ajudar 😉

E como desenvolver competências socioemocionais?

Para aprimorar suas competências socioemocionais ou desenvolver novas, existem algumas maneiras de fazer isso.

Primeiramente, pode fazer alguns cursos, como os oferecidos pela PUCRS, alguns gratuitos e com carga horária baixa.

Outra forma é pedindo feedbacks, muito importante para a melhora contínua.

Também é legal ter a mentalidade de crescimento, tendo noção de que estudar é necessário para se tornar um profissional melhor.

E mais importante: lembre-se que desenvolver competências socioemocionais não acontece da noite para o dia!

Por isso, tenha disciplina e paciência.

Assim como ao praticar atividades físicas, você não vai ver as mudanças do nada – então, confie no processo 😉

Conclusão

Por fim, como discutido durante o texto, algumas vezes competências socioemocionais são mais valorizadas por recrutadores do que competências técnicas.

Por isso, não importa se você está entrando no mercado de trabalho agora ou se faz parte dele há anos, certamente é de seu interesse continuar se desenvolvendo para se tornar um profissional melhor.

Então invista em cursos, em palestras e livros para fortalecer suas habilidades 🤩

E não se esqueça de sempre pedir feedback. Esta é uma das maneiras mais eficazes de aprender com seus erros e descobrir o que você precisa desenvolver.

Gostou deste texto? Compartilhe com seus amigos para que eles também saibam da importância das competências socioemocionais!

Beatriz Costa

Beatriz Costa

Redatora na Passei Direto

Comentários

Deixe uma resposta